Avaliação de diferentes modelos fatoriais do Body Shape Questionnaire

W. R. SILVA, J. C. R. DIAS, J. MAROCO, J. A. D. B. CAMPOS

Abstract


Introdução: A preocupação com a forma corporal é um dos aspectos mais estudados da imagem corporal. A aferição desse conceito tem sido comumente realizada utilizando-se o Body Shape Questionnaire (BSQ). O BSQ é um instrumento composto por 34 itens de autopreenchimento com resposta do tipo likert de seis pontos. Observa-se na literatura diversos modelos fatoriais do BSQ adaptados para diferentes amostras em países distintos. Objetivo: avaliar as propriedades psicométricas dos diferentes modelos fatoriais do BSQ quando aplicados a uma amostra de estudantes universitárias brasileiras. Método: Foram analisados dez modelos. Para cada modelo foram estimadas as validades de construto, convergente e discriminante. Foi conduzida análise fatorial confirmatória utilizando-se os índices de ajustamento χ2/gl, CFI, NFI e RMSEA. A consistência interna foi estimada por meio do Coeficiente alfa de Cronbach. Resultados: Participaram do estudo 739 estudantes com média de idade de 20,44 (DP = 2,45) anos. Entre os modelos analisados, seis não apresentaram adequados valores de validade convergente e discriminante e/ou consistência interna. Um modelo reduzido contendo 10 itens foi considerado a melhor versão do BSQ por apresentar os menores valores nos índices baseados na teoria da informação. Após a remoção do item 26 (λ) do melhor modelo observou-se adequado ajustamento (χ2/gl = 7,03; CFI = 0,95; NFI = 0,94; RMSEA = 0,09) com invariância forte para amostras independentes (Δχ2λ(8) = 10,05; Δχ2Covariância(9) = 10,20; Δχ2Resíduo(19) = 33,33). Conclusão: O modelo com 9 itens foi considerado o mais parcimonioso do BSQ por apresentar adequada validade, confiabilidade e estabilidade na amostra de estudo.
■ Palavras-chave: imagem corporal, preocupação com a forma corporal, validação, confiabilidade.


Full Text:

PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.