Água duplamente marcada em ciências nutricionais

M. N. RAVELLI, M. Z. MOREIRA, J. A. BENDASSOLLI, K. PFRIMER, E. T. SILVA, C. DUCATTI, M. R. M. OLIVEIRA

Abstract


Introdução: A técnica da Água Duplamente Marcada (ADM) com deutério (2H) e oxigênio-18(18O) é padrão ouro na determinação do Gasto Energético Total (GET) e da composição corporal. A implantação do método de análise de ADM no CIE tornou necessária a sedimentação da técnica para que dados acurados e precisos fossem obtidos em estudos nutricionais. Objetivo: Padronizar a técnica da pirólise para análise da ADM. Métodos: Análises de até sextuplicatas de 60 amostras de água natural (TAP) e de 60 amostras ADM levemente enriquecidas foram realizadas em 3 laboratórios com diferentes técnicas. Após avaliação dos valores e do efeito de memória nos equipamentos (IRMS), um teste piloto foi realizado em uma participante obesa favorecendo a padronização da coleta, das análises das amostras biológicas e o desenvolvimento das equações de determinação do GET e composição corporal. Resultados: Os resultados para 2H apresentaram diferenças significativas intra- (±0,4 a ±8,7‰) e interlaboratórios (±7,8 a ±11,2‰), no entanto, aceitáveis em amostras com alto grau de enriquecimento. Os resultados de 18O foram precisos intra- (±0,18‰ a ±0,60‰) e acurados interlaboratórios (±0,29‰ a ±1,04‰). O efeito de memória no IRMS do CIE foi evidenciado e excluído ao analisar as amostras 6 vezes e excluir as 3 primeiras análises. No teste piloto verificou-se o enriquecimento dos líquidos corporais e a diluição dos isótopos ao longo do tempo, a aplicação das equações específicas determinou as variáveis que compreendem os compartimentos corporais e o GET. Conclusão: a técnica está adequada para a aplicação da metodologia na elucidação de questões metabólicas.
■ Palavras-chave: Isótopos Estáveis; Água Duplamente Marcada; Metabolismo Energético; Composição Corporal.


Full Text:

PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.