Efeitos na glicemia, insulinemia e ingestão alimentar após o consumo agudo de suco de laranja

A. C. PAIVA, T. B. CÉSAR

Abstract


Introdução: O suco de laranja contém compostos que agem no metabolismo e saciedade. Objetivo: avaliar o efeito da ingestão aguda do suco de laranja fresco e do suco integral pasteurizado sobre a glicemia, insulina e consumo alimentar em indivíduos eutróficos e obesos. Métodos: Foi realizado um estudo com 36 indivíduos que ingeriram, com washout de 7 dias: suco de laranja fresco, pasteurizado e bebida controle (sabor de laranja). Antes e após o consumo das bebidas testes foram feitas colheita de sangue para análise de glicose, e insulina e posterior calculo do HOMA-IR. Após a ingestão das bebidas os voluntários recebiam um desjejum “ad libitum” onde anotavam os alimentos consumos nesta refeição e também as outras realizadas durante o dia experimental. Resultados: os voluntários obesos de ambos os sexos apresentam fatores de risco para o desenvolvimento de síndrome metabólica, 61% apresentam resistência a insulina pelo HOMA–IR. A área da curva da insulina foi significantemente maior após a ingestão da bebida controle no grupo com peso normal. O suco de laranja fresco apresentou uma menor área de glicose e insulina. A ingestão aguda dos sucos não alterou a ingestão alimentar dos voluntários, entretanto, a ingestão calórica no almoço após o consumo da bebida controle foi maior comparada com o suco fresco, indicando uma maior saciedade do suco fresco. Conclusão: a ingestão aguda do suco de laranja parece exercer um efeito positivo no metabolismo e na saciedade da refeição seguinte.
■ Palavras-chave: suco de laranja, saciedade, insulina, glicemia


Full Text:

PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.